MELISSA GRENDENE

MELISSA, não é um calçado, mas um objeto de design que ultrapassa forma e conteúdo chegando à verdadeira mensagem que quer transmitir: a do plástico como opção. Para a marca a tecnologia está a serviço das emoções humanas. Ela acredita que, com novas técnicas, dá-se um passo à frente para enxergar novos caminhos. Mas isso não sem se abastecer de inspirações. É do mundo das artes plásticas, da arquitetura, da música, da fotografia e de tantos outros universos que a marca absorve influências para se recriar em novas versões de si mesma. E é do Brasil, país de misturas culturais e tentativas criativas, cujo povo vive eternamente de projetos e alternativas ao lugar comum, que a marca herdou sua maior característica: a de ser multidisciplinar. Afinal, MELISSA é o que cada um acha dela. É feminina, sexy, pop, original, refinada, curiosa, inusitada, lúdica, otimista, bem-humorada, sedutora, indecente e inocente.

MELISSA, não é um calçado, mas um objeto de design que ultrapassa forma e conteúdo chegando à verdadeira mensagem que quer transmitir: a do plástico como opção.

A HISTÓRIA

A sandália MELISSA nasceu em 1979 introduzida no mercado brasileiro pela empresa gaúcha Grendene, fundada em 1971 na cidade de Farroupilha, que inicialmente fabricava embalagens plásticas para garrafões de vinho. Os irmãos Alexandre e Pedro Grendene resolveram investir em calçados feitos de plásticos.

O sucesso foi imediato, chegando a vender nos primeiros 60 dias aproximadamente 200 mil pares e atingindo vendas de 25 milhões de unidades em um único ano.

O lançamento da marca adotou como base à criação de calçados diferenciados, inspirados nas tendências de moda de grandes centros como Paris e Nova York.

O sucesso foi tanto que a sandália ganhou em 1984 uma versão infantil, a MELISSINHA. Desde então, a linha KIDS da empresa não parou mais de crescer. A aposta é abusar dos licenciamentos de personagens fortes e marcantes, como Barbie, Hot Wheels e Disney, utilizando em boa parte o apelo emocional e lúdico dos calçados com acessórios, que expressem o universo infantil. Após um período de estagnação, em 1994 as sandálias foram relançadas. Deste ano até 1998, quando a empresa criou uma divisão para cuidar especificamente de MELISSA, a marca buscou um novo posicionamento no mercado, utilizando até a famosa modelo Claudia Schiffer para uma campanha publicitária em revistas e televisão, criou novas linhas de calçado e no início dos anos 2000 voltou a crescer, o que lhe rendeu as passarelas da moda e a conquista do mundo fashion.

Há alguns anos, a marca, que redescobriu sua vocação fashion, passou a investir em parcerias com profissionais de várias áreas, como o estilista Alexandre Herchcovitch (um dos brasileiros mais renomados dentro e fora do país), os designers Fernando e Humberto Campana e o badalado estilista inglês Judy Blame, famoso por seus editoriais para a revista ID e pelo visual de famosos como Boy George e Björk.

A marca vem ganhando espaços expressivos em editoriais de publicações internacionais. Em 2007, a marca mereceu destaque no jornal The Washington Post, que apelidou a MELISSA de “Brazilian Jelly Giant”.

Em 2008 foi a vez do renomado International Herald Tribune, na coluna da poderosa editora Suzy Menkes, dedicar meia página à MELISSA e dizer que os sapatos de plástico ditam estilo.

Para comemorar seus 30 anos de sucesso, a marca que já criou mais de 500 diferentes modelos e exporta para mais de 80 países, lançou, no início de dezembro, um perfume batizado com o nome das sandálias que ganharam o mundo. O novo produto da marca já prometia encantar pela embalagem: um frasco delicado com a tampa em forma de laço. E a fragrância lembrava o tradicional cheirinho de MELISSA, um dos principais símbolos de reconhecimento da marca, com toques modernos.

Outro marco na trajetória de enorme sucesso da marca foi a inauguração da GALERIA MELISSA na badalada Rua Oscar Freire, em pleno circuito fashion paulistano, no mês de agosto de 2005.

O espaço, de vocação multidisciplinar, é ponto de encontro entre o universo da MELISSA, coleções criadas por parceiros da marca com total exclusividade, lançamentos de produtos especiais e exposições ligadas a temas como design, fotografia, moda, beleza e tecnologia.

O cheirinho, feito para reativar uma memória afetiva dos melhores momentos da vida, uma mistura de chiclete, jujuba e pirulito, é o mesmo desde que ela surgiu, mas as campanhas publicitárias da marca MELISSA foram muitas ao longo dessas mais de três décadas.

As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro e Época Negócios), jornais (Valor Econômico e Meio Mensagem), sites de moda (PureTrends), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas).

CONHEÇA OUTROS CASES DE SUCESSO